Tecnologias 3D

Tecnologias 3D

A Divisão de Tecnologias Tridimensionais (DT3D) do CTI, tem se dedicado ,desde 1997, à pesquisa, desenvolvimento e aplicações destas tecnologias em diversas áreas do conhecimento, apoiando a indústria, a área médica e projetos de pesquisa internos e em parceria com várias universidades. Dentre as tecnologias tridimensionais, uma das mais difundidas e utilizadas é a manufatura aditiva, também conhecida como prototipagem rápida ou impressão 3D. Os resultados são expressivos nestas três grandes áreas: foram realizados mais de 6.000 serviços tecnológicos de prototipagem e manufatura rápida para indústria, em especial para micro, pequenas e médias empresas, além de uma difusão tecnológica permanente, por meio de congressos, palestras e consultorias às empresas. Na área médica são mais de 3.000 casos de planejamento cirúrgico de alta complexidade com mais de uma centena de hospitais referência no País e alguns no exterior, com o apoio do Ministério da Saúde. Na área de experimentos científicos tem apoiado mais de uma centena destes experimentos de diversas universidades brasileiras em  diversas áreas do conhecimento. Como parte da busca da excelência na gestão da DT3D/CTI, destaca-se a certificação no Sistema de Gestão da Qualidade NBR ISO 9001:2008. Para atingir estes números a DT3D centra seus esforços em três grandes programas:
ProIND (Programa Tecnologias Tridimensionais na Industria)
Apoia a competitividade das empresas do setor industrial. A partir de um modelo virtual projetado em um sistema CAD (projeto auxiliado por computador) que é enviado para máquinas de manufatura aditiva, estes modelos virtuais são transformados em modelos físicos com fidelidade absoluta, por meio da deposição sequencial de camadas, em vários tipos de materiais. Assim, a empresa pode avaliar o otimizar o seu produto durante o ciclo de desenvolvimento.
ProEXP (Programa Tecnologias Tridimensionais no Apoio a Experimentos Científicos e Inovação)
Apoia pesquisa e estabelece importantes parcerias em diversas áreas como aplicações aeroespaciais, arquitetura, engenharia reversa, artes, bioquímica e microfabricação. Estes trabalhos são realizados com universidades e centros de pesquisa sem custos para estas instituições. Apoia empresas na definição de tecnologias e equipamentos de manufatura aditiva, além de projetos de pesquisa e inovação com o setor industrial.
ProMED (Programa Tecnologias Tridimensionais na Saúde)
Desenvolve e utiliza ferramentas computacionais integradas à manufatura aditiva para o planejamento de cirurgias complexas. Desenvolve o software livre InVesalius, em uso em mais de 80 países, que permite efetuar a reconstrução 3D a partir de um conjunto de imagens tomográficas ou de ressonância magnética. Os modelos 3D virtuais gerados pelo InVesalius, podem ser impressos como réplicas físicas de estruturas anatômicas ou utilizados na geração de órteses e próteses e até mesmo na simulação computacional em bioengenharia. Todos estes trabalhos são realizados sob a forma de pesquisa aplicada com os hospitais e inúmeras universidades, em especial, as do setor da saúde como soluções em bioengenharia.